Gênesis | Grandes momentos da Bíblia (Dublado)
  • há 3 anos
O Dilúvio
Ver artigo principal: Dilúvio
Na Bíblia, em Gênesis, é mostrado o arrependimento do Senhor em ter criado o homem, devido à maldade que este espalhara na Terra. Neste arrependimento, decide fazer um enorme dilúvio, fazendo desaparecer tudo que havia sido criado até então. Porém, decide poupar Noé, por este ter agido bem, e lhe recomenda fazer uma arca de madeira, e abrigar, junto com sua família, um casal de cada espécie existente.

O Dilúvio supostamente ocorreu entre 6 de maio de 2349 a.C. até 30 de novembro de 2348 a.C., mas Noé só sai da arca no dia 18 de dezembro de 2348 a.C.

Abraão é citado no livro de Gênesis como a nona geração de Sem, o qual foi um dos filhos do patriarca Noé que tinha sobrevivido às águas do dilúvio. Segundo a Bíblia, a mais provável procedência de Abraão seria a cidade de Ur dos caldeus,[10] situada no sul da Mesopotâmia, onde seus irmãos também teriam nascido. O final do capítulo 11 do primeiro livro da Torah, ao descrever a genealogia do patriarca hebreu, assim informa, mencionando o nome anterior de Abraão:

A profecia sobre a escravidão que o povo vindo de Abraão iria sofrer, está registrada em Gênesis 15:13, e foi feita por Deus a Abraão: “então, lhe foi dito: Sabe, com certeza, que a tua posteridade será peregrina em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos” (Gênesis 15:13).
A origem dos povos hebreus, de acordo com a história de gênesis, ... passou por um processo chamado, Êxodo do Egito (travessia do Mar Vermelho)
Recomendado