Chuvas fortes e inundações continuam a fustigar a Índia

  • há 8 anos
O mau tempo continua a assolar a Índia.

Em Patna, capital do estado de Bihar, no nordeste do país, várias residências foram evacuadas devido às inundações.

O rio Ganges atingiu, este sábado, o nível mais alto desde 1994.

View of submerged houses with #flood waters of River #Ganga in #Patna. #BiharFlood pic.twitter.com/WwtFOUsBRo— All India Radio News (@airnewsalerts) 21 de agosto de 2016


“Temos enfrentado muitos problemas. Está tudo submerso com as águas do rio. A comida escasseia, não temos o que beber nem temos barcos. Não sabemos o que fazer”, disse um homem.

Em Mirzapur, no estado de Uttar Pradesh, a cerca de 270 quilómetros de Patna, outro residente conta: “A água não para de cair desde os últimos três dias. Está tudo inundado. Os campos de cultivo foram destruídos. A água começou a entrar nas casas”.

#Mirzapur दुर्घटना में एक ही परिवार के 6 लोगों की मौत https://t.co/5yd0xAVyXW pic.twitter.com/S5uZ6H0HAQ— APN न्यूज (@apnnewshindi) 19 de agosto de 2016


Muitas pessoas morrem todos os anos na Índia na sequência de cheias e derrocadas durante a época das monções.

Só nos últimos três dias, pelo menos 30 pessoas perderam a vida no centro e norte da Índia, segundo fontes oficiais.

As localidades mais afetadas foram Satna e Rewa onde várias aldeias ficaram inundadas.

Desde o início das monções, em junho, já morreram mais de 230 pessoas.